Notícias

13/06/2017

Confira os horários de funcionamento dos museus do Estado durante o feriado de Corpus Christi

Nos dias 15 e 16 de junho o público poderá visitar os espaços culturais da Secretaria de Estado da Cultura em horários diferenciados. Durante o final de semana o horário permanece o habitual. O Centro Juvenil de Artes Plásticas e a Biblioteca Pública do Paraná estarão fechados.

Quem for visitar o Museu Paranaense poderá aproveitar os últimos dias da exposição “A arte de Daniel Conrade: povos indígenas e natureza”, que encerra na sexta-feira, dia 16 de junho. Além desta, estarão abertas para visitação as exposições: “O Museu da História do Paraná: Os 140 anos do Museu Paranaense”, “Memorial à Indústria da Erva-Mate”, “A cidade e suas ruas: retratos dos personagens de Curitiba”, “Imagens de um Lar”, “Dinheiro e Honraria: o acervo de numismática do Museu Paranaense”, “Moedas Romanas”, “Igrejas Ucranianas no Paraná”, “Ocupação do Território Paranaense”, “Gufan – O Paranaense de dois mil anos”, “Vistas do Brasil”, “Indústrias Paranaenses”, “Escultura Arma em Nó”, “O último túnel”, “Paraná Espanhol” e “Arqueologia, Flora e Fauna do Parque Estadual Vila Rica do Espírito Santo”.

Já no Museu Alfredo Andersen, o público poderá conferir a exposição “Alumiar” que encerra no domingo, dia 18. A artista Adriana Brzezinska utiliza três diferentes linguagens para compor sua mostra: a fotografia, a colagem e a pintura. As obras têm como temática paisagens, focando na impressão da luz e como ela se relaciona com o cenário. E também: “As múltiplas faces de Ana” e “Forma Formante”.

No Museu Oscar Niemeyer estão em cartaz as mostras: “Histórias do Acervo MON – em aberto”, “Obras sob Guarda do MON”, “Kirchgässner: um modernista solitário”, “Imagens impressas: Um percurso histórico pelas gravuras da Coleção Itaú Cultural”, “Irmãos Campana” e “Na oração, que desaterra... a”.

Quem for no Museu da Imagem e do Som encontrará as exposições “as noivas de Glück” com fotografias de cerimônias tiradas por Guilherme Glück no ínicio século XX, na região sul, com enfoque nas noivas. “ “Gilda, sem limites”, mostra a travesti que viveu em Curitiba nas décadas de 1970 e 1980, muito famosa na Boca Maldita, e ícone no carnaval Curitibano.

No Museu de Arte Contemporânea do Paraná os visitantes encontrarão as mostras “Anos 60/70: Um panorama”, com curadoria de Ronald Simon, e “Bicicleta / Fotografias de Eduardo Nascimento”, exposição composta por aproximadamente 30 fotografias em que a presença da bicicleta é uma constante.

No Museu do Expedicionário, o visitante poderá conferir a exposição permanente do museu, que mostra a participação da Força Expedicionária Brasileira (FEB) durante a Segunda Guerra Mundial.


                        seec


Serviço


Museu Alfredo Andersen – Rua Mateus Leme, 336. (41) 3222-8262. Curitiba-PR.

Museu de Arte Contemporânea do Paraná – Rua Desembargador Westphalen, 16. (41) 3323-5328. Curitiba-PR.

Museu da Imagem e do Som - Rua Barão do Rio Branco, 395. (41) 3351-6688 Curitiba – PR.

Museu do Expedicionário – Praça do Expedicionário, s/nº. (41) 3362-8231. Curitiba-PR.

Museu Oscar Niemeyer – Rua Marechal Hermes, 999. (41) 3350-4400. Curitiba-PR.

Museu Paranaense – Rua Kellers, 289. (41) 3304-3300. Curitiba-PR.

Fonte: SEEC

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.