Notícias

05/12/2017

Mostra debateu as culturas populares do Paraná

Encerrou neste sábado (2/12) a Mostra de Arte Popular do Paraná no Museu Oscar Niemeyer. O evento foi realizado pela Secretaria de Estado da Cultura (SEEC) com o objetivo de promover as culturas populares. Durante a mostra, os representantes do setor e grupos artísticos puderam debater as necessidades para o desenvolvimento e preservação da cultura popular do Paraná. Cerca de 800 pessoas acompanharam os debates e apresentações.

“O Paraná é um Estado com uma diversidade cultural muito grande, com certeza é o nosso maior patrimônio. Valorizar a importância da cultura popular é preservar a nossa rica história. A cultura popular é a nossa identidade, é ela que nos caracteriza, é por ela que conhecem nossa formação”, afirma o secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani.


Seminário e debate
O evento foi aberto, no Auditório Poty Lazarotto, na sexta-feira (1/12), com as palestras: "Reflexões sobre Cultura Popular, Patrimônio Imaterial e Políticas Públicas", da Professora Liliana Porto; "Quem Fala pelas Culturas Populares?", da Antropóloga Lorena de Avellar Muniagurria e a "Cultura Tradicional e Encontro com as Comunidades", da pesquisadora Lia Marchi, que também foi mediadora de um debate com representantes de diversas manifestações culturais tradicionais. Participaram a responsável do Centro de Cultura Popular Meu Paraná, Cremildes Ferreira Bahr, conhecida como Dona Mide; o representante do Grupo de Fandango Mandicuera, Aorélio Domingues; os representantes da Congada da Lapa, Evanilson Ferreira e Maycon Ferreira; o representante da Folia de Reis, Francisco Garbosi; e o responsável pelo grupo Capoeira de Guaíra, Cleber Pereira dos Santos, o Mestre Jesus. Ao final do debate foi elaborada uma carta com anseios e demandas para o crescimento do setor, assinada pelos participantes e entregue ao secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani. O primeiro dia foi encerrado com a apresentação do Grupo de Fandango Fandanguará, de Guaraqueçaba.
Confira a carta aberta AQUI.

Apresentações e Feira de Artesanato
No sábado (2/12) o evento aconteceu no parque externo do Museu Oscar Niemeyer, conhecido como Parcão, com apresentações da Orquestra Paranaense de Viola Caipira (Cascavel), Congada da Lapa (Lapa), Grupo de Fandango Caiçara Mandicuera (Paranaguá), Viola Quebrada (Curitiba), Folia de Reis Mensageiros da Paz (Londrina) e da Escola de Samba Mocidade Azul. E o salão de eventos abrigou uma feira de artesanato.

Fonte: SEEC

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.