Biblioteca

07/12/2017

Biblioteca lança a coleção Roteiro Literário

Escrito por Miguel Sanches Neto, o primeiro título é sobre a vida e a obra de Jamil Snege — a Cia de Teatro do Urubu vai ler trechos das obras do “Turco” no lançamento do projeto

Roteiro Literário - Miguel Sanches NetoA Biblioteca Pública do Paraná realiza no dia 13 de dezembro o lançamento da coleção Roteiro Literário. O evento tem início às 15h na Arena BPP, no Hall Térreo, com a presença da Cia de Teatro do Urubu, que vai ler trechos de livros do escritor Jamil Snege (1939-2003), entre os quais Como tornar-se invisível em Curitiba (2000) e até mesmo o romance inacabado, O grande mar redondo. A partir das 16h, o escritor Miguel Sanches Neto autografa o Roteiro Literário — Jamil Snege, livro publicado pele selo Biblioteca Paraná. A entrada é franca.

Idealizada pela BPP, a coleção Roteiro Literário traz a cada título um ensaio inédito sobre a vida e a obra de um escritor paranaense já falecido e uma relação dos locais que ele frequentava, conteúdo ilustrado por fotografias produzidas para o projeto. Se o autor do ensaio conheceu pessoalmente o escritor homenageado, o título em questão também abre espaço para um capítulo sobre esse convívio.

O primeiro título da coleção, assinado por Miguel Sanches Neto, é sobre Jamil Snege. Os dois conviveram e os leitores vão encontrar ao final do livro um relato a respeito do breve, mas intenso, convívio entre eles. No entanto, o que se destaca é o ensaio em que Sanches Neto analisa a literatura do curitibano que sobreviveu trabalhando com propaganda, mas que desejava, mais que tudo, ser escritor.

Sanches Neto consegue definir, com precisão, a essência do projeto literário snegiano: “Jamil Snege é um caso típico da cena paranaense, principalmente por ser um escritor de brevidades, ligando-se assim a uma linhagem que vem do contista Newton Sampaio, da prática do haicai em Helena Kolody, Alice Ruiz e Paulo Leminski, das fábulas de Wilson Bueno, dos microcontos de Dalton Trevisan”.

Guilherme Pupo produziu as fotos que ilustram verbetes com locais frequentados por Snege, como a Boca Maldita, ou a Serra da Graciosa, que aparece em Viver é prejudicial à saúde (1998). Assim, os leitores terão a oportunidade de conhecer a cidade que o autor habitou, frequentou e a respeito da qual escreveu.

O diretor da BPP, Rogério Pereira, afirma que a coleção Roteiro Literário tem a finalidade de divulgar a literatura paranaense. “No caso específico do Jamil, autor que morreu há uma década e meia, com a obra esgotada e fora do comércio, a proposta se revela imprescindível por apresentar o legado do escritor para as novas gerações, que merecem conhecer a produção única de Snege”, diz. Pereira anuncia outros dois títulos da coleção, previstos para o primeiro semestre de 2018: o Roteiro Literário — Paulo Leminski, escrito poeta e ensaísta Rodrigo Garcia Lopes, e o livro sobre Helena Kolody, a cargo da professora da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) Luísa Cristina dos Santos Fontes.

Serviço:
Lançamento da coleção Roteiro Literário
Dia 13 de dezembro (quarta-feira)
Às 15 horas, a Cia de Teatro de Urubu lê Jamil Snege
Às 16 horas, Miguel Sanches Neto autografa Roteiro Literário — Jamil Snege, livro publicado pela Biblioteca Pública do Paraná por meio do selo Biblioteca Paraná
Biblioteca Pública do Paraná (R. Cândido Lopes, 133 — Curitiba/PR)
Entrada franca
Mais informações: (41) 3221-4974

Fonte: BPP

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.