Notícias

16/10/2015

Secretário da Cultura participa da Bienal Internacional de Assunção

Começou nesta quinta-feira (15/10) a Bienal Internacional de Arte de Assunção, no Paraguai. O Secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani, participou da solenidade de abertura e de um debate no Congresso Nacional do Paraguai. O assunto debatido foi “Novos Modelos para a Arte Contemporânea” e aconteceu na Sala de Sessões do Congresso Nacional. Também estiveram presentes o diretor-geral da Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba, Luiz Ernesto Meyer Pereira, o diretor do Museu da Inconfidência, Rui Mourão, a presidente da Comissão Organizadora da BIA 2015, Margarita Morseli.

Conforme Margarita Morselli, a bienal tem um título desafiador e significativo. “A liberdade, sem dúvida, é um dos tesouros mais apreciados, não só pelo homem individualmente, mas também pela cultura de um povo, de uma nação. Porque a vocação primitiva do homem e da sociedade é de serem livres, viver em liberdade. Porque nenhuma realização humana é possível sem a liberdade, pois esta é a condição essencial para promoção do bem-estar, da beleza e da verdade”.

O Secretário de Estado da Cultura do Paraná, João Luiz Fiani, manifestou sua confiança na primeira edição do evento. “Não poderíamos deixar de estar presentes na Primeira Bienal Internacional de Arte de Assunção, que poderá se configurar como um acontecimento de grande relevância para as artes plásticas da América do Sul”.

Além de participar da Bienal, Fiani também foi recebido pela ministra da Cultura do Paraguai, Mabel Causarano. "Vamos estabelecer uma grande parceria e logo teremos um corredor cultural expressivo entre o Paraná e o Paraguai", disse o secretário.

O secretário esteve ainda com o embaixador brasileiro no Paraguai, José Felicio, e se reuniu com a embaixadora do Peru, Maria Cecilia Rozas Ponce de León, onde conversaram sobre futuras parcerias entre o Paraná e o Peru.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.