Teatro

12/07/2019

Mostra Paranaense de Teatro de Bonecos acontece entre 14 e 21 de julho

Na próxima semana acontece a Mostra Paranaense de Teatro de Bonecos, que apresenta espetáculos adultos e infantis entre os dias 14 e 21 de julho no Teatro José Maria Santos e Teatro de Bonecos Dr. Botica. A abertura será no domingo, dia 14, às 10h, com o tradicional cortejo de bonecos pelo Largo da Ordem. O evento reúne grupos de todo o Paraná e é realizado em julho para animar as férias escolares. As apresentações no José Maria Santos são gratuitas.

 

CCTG



Veja a programação completa aqui

 

Entre as peças selecionadas, há espetáculos como lambe-lambe - com personagens em miniatura dentro de uma caixa cênica – e teatro de sombras. Entre os dias 15 e 17 haverá ainda uma oficina de dramaturgia com inscrições gratuitas.

 

O vice-presidente da Associação Paranaense de Teatro de Bonecos (APRTB), Renato Perré, afirma que as peças escolhidas representam a diversidade dessa técnica. “Selecionamos vários estilos para o público ter uma visão ampla. Isso é possível porque o Paraná é dos estados com mais tradição nessa arte em todo o país e um dos únicos com apoio governamental”.

 

O diretor artístico do Centro Cultural Teatro Guaíra, Cleverson Cavalheiro, afirma que essa é uma programação que acontece habitualmente no mês de julho em função das férias escolares. “O teatro de bonecos é uma arte muito próxima do universo infantil e é uma ferramente muito útil para formação de plateia. A gente percebe que as crianças se encantam com a magia das histórias e isso depois as aproxima das outras linguagens artísticas”. Ele lembra que a democratização do acesso à cultura é, justamente, um dos pilares da atual gestão do Governo do Paraná.

 

A escolha da programação e produção da mostra são de responsabilidade da Associação Paranaense de Teatro de Bonecos. O evento tem realização do Centro Cultural Teatro Guaíra e da APRTB e apoio de O Boticário.

 

 


 

Serviço:

Mostra Paranaense de Teatro de Bonecos

 

 

Grande Circo Trapizonga – Teatro Perrota

Nossa história tem como personagem central o Compadre Pereirinha da Silva, homem do campo, contador de causos, tomador de chimarrão e que tem como seu melhor amigo o Compadre Pereira, companheiro de roça e tocador de viola. O universo do campo, seu dia a dia, seus hábitos e costumes, seu cancioneiro, seus momentos de sonhos e fantasias. Domingo na roça é dia que Pede Cachimbo, é dia de pescaria, é dia de missa, de casamento, de visitar os parentes, é dia de cantoria, é dia de visitar os parentes da gente, é dia de contar causos de arrepiá os “pêlo”.

 

Dia 14 de julho, às 11h, Ruínas de São Francisco (Largo da Ordem)

Apresentação gratuita

 

 

 

O Padeiro e o Diabo – Cia La Polilla

O Padeiro e o Diabo conta a história do Diabo que, por falta de maldade, fica sem trabalho no inferno. Ele decide tramar contra o Padeiro, pegando seus pães para colocar neles o sabor da maldade, se apoderando assim das pessoas. Será que ele vai conseguir alcançar seu objetivo?

 

Dia 15 de julho, às 17h, no Teatro José Maria Santos

Entrada Gratuita

 

 

Greg e sua Gang – Cia Greg

Greg e sua Gang é um espetáculo adaptado a partir do espetáculo Ritmundo (2014), do Grupo Teatral Auto-Peças, para o teatro de rua. A peça tem performances com bonecos de manipulação direta, fantoches e fios manipulados pelo artista Greg Bassani, que oferece uma brincadeira de músicas e danças, mostrando o reflexo de ritmos sonoros e suas expressões corporais.

 

Dia 16 de julho, às 13h, 15h e 17h, no Teatro Dr. Botica

Entrada R$ 10 e R$5

 

 

Aventuras Possíveis – Grupo Teatral Auto Peças

Você já teve a sensação de sonhar acordado? Ou, ao contrário, sonhou com tantos detalhes que, por um instante, pensou estar acordado? Aventuras Possíveis é sobre situações fantásticas que cruzam

livremente o limite entre a “realidade” e o sonho. Já imaginou acordar pela manhã e falar uma língua desconhecida, que ninguém entende? De, porventura, abrir a torneira da pia e literalmente entrar pelo cano? Situações que acontecem tanto em sonho quanto na realidade. Já não lhe apeteceu de sentir uma vontade imensa de gritar, gritar! Gritar o mais alto que puder?

 

Dia 16 de julho, às 17h, no Teatro José Maria Santos

Entrada Gratuita

 

 

O Patinho Feio – Cia Miiller

O Patinho Feio narra a história de uma pequena ave cuja feiura causa desprezo entre os animais onde nasceu. Um dos contos clássicos mais difundidos e admirados na literatura universal, com uma trama que seduz e encanta. Remete-nos a solidariedade e respeito as diferenças. Ele vence as adversidades do destino, superando todos os obstáculos e provocando respeito e

admiração de todos.

 

Dia 17 de julho, às 13h, 15h e 17h, no Teatro Dr. Botica

Entrada R$ 10 e R$5

 

 

Leopoldo e a montanha de livros – Cia. Merengue

A peça conta a história de Leopoldo, que desde pequeno só ganha livros de presente. Primeiro foram os macios, depois aqueles com grandes desenhos e poucas palavras. Mais tarde os de muitas palavras e poucos desenhos. Os pais de Leopoldo diziam que ler era muito importante, mas Leopoldo não estava feliz com os livros. O espetáculo procura dar justamente a resposta para o grande questionamento de Leopoldo: afinal, para que servem os livros? Leopoldo viverá algumas aventuras para descobrir essa importante pergunta que devemos repensar em nossos dias. Um espetáculo para toda família.

 

Dia 17 de julho, às 17h, no Teatro José Maria Santos

Entrada Gratuita

 

 

 

As Infindáveis Versões do Capuchinho e do Lobo Mau – Cia. Caçuarte

As Infindáveis Versões do Capuchinho e do Lobo Mau é um espetáculo de animação de bonecos e objetos destinado a todo tipo de público, em que o ator Evaldo Barros parte do conto tradicional Chapeuzinho Vermelho, de Charles Perrault, para apresentar de várias maneiras a mesma história.

 

Dia 18 de julho, às 13h, 15h e 17h, no Teatro Dr. Botica

Entrada R$ 10 e R$5

 

 

Vozes de Abrigo – Cia. Laica

Espetáculo dramático musical com a linguagem do teatro de animação (bonecos, sombras e formas abstratas), que tem como tema central histórias fictícias e reais de crianças de abrigos. Trata de uma coleção de histórias duras recolhidas e passadas pela peneira do filtro dos sonhos, que foram convertidas em metáforas para que pudessem vir a público.

 

Dia 18 de julho, às 20h, no Teatro José Maria Santos

Entrada Gratuita

 

 

Era Um... Eram Dois... Eram Três... - Cia Elcio di Trento

O que podemos encontrar no sótão de um contador de histórias? Livros, caixas, baú, mala, ratos... Ratos? Sim, três simpáticos ratinhos. Partindo do cotidiano de brincadeiras desta inusitada família de ratos, o contador de histórias utilizando diversas técnicas do teatro de animação representará três histórias em que cada ratinho assumirá o papel principal. As histórias falam de amizade, coragem, determinação e poesia. Aventuras que nos convidam a brincar e nos alimentam a imaginação.

 

Dia 19 de julho, às 13h, 15h e 17h, no Teatro Dr. Botica

Entrada R$ 10 e R$5

 

 

A Menina e o Lampião – Cia. Teatro Filhos da Lua

A Menina e o Lampião narra a difícil e divertida missão por qual passam dois atores: fazer a menina Mirandolina esquecer seus medos e dormir. Para vencer essa parada, eles contam com a ajuda preciosa de um velho lampião que, por ter passado a vida escutando fábulas contadas sob a sua luz, tornou-se também um excelente contador e cantador de histórias.

 

Dia 19 de julho, às 17h, no Teatro José Maria Santos

Entrada Gratuita

 

 

 

Traquinagens – Cia. 7 Art

Traquinagens é um espetáculo realizado por meio de uma técnica pouco utilizada no Brasil, a pantomima de animação, indicado a crianças de todas as idades. O seu desenvolvimento enfoca o cotidiano de um pequeno “clown” e de um ratinho explorando situações naturais do universo de uma criança, sua curiosidade, seus medos, suas conquistas, seu lúdico, suas fantasias, etc.

 

Dia 20 de julho, às 13h, 15h e 17h, no Teatro Dr. Botica

Entrada R$ 10 e R$5

 

 

Chuva de Contos – Cia. Fantokids

O espetáculo Chuva de Contos traz à cena histórias contadas pela personagem Cotinha que, de forma lúdica poética e bem-humorada, conduz os espectadores para uma viagem ao mundo da imaginação, em que bonecos e objetos tomam vida e se transformam em personagens fantásticos em um cenário de linguagem surreal e atemporal, representado por uma pequena e aconchegante sala de estar.

A atriz Bonequeira e contadora de histórias Rô Fagundes escolheu para este espetáculo três lindas histórias que tem como temática principal a chuva, alertando também para os cuidados que precisamos ter com a água do nosso planeta.

 

Dia 20 de julho, às 17h, no Teatro José Maria Santos

Entrada Gratuita

 

 

O Chinês e o Dragão - CórtexArte

A história deste espetáculo é inspirada em contos para crianças que trazem ensinamentos zen, a partir do livro “Góru el Mágico”, de Natalia Armienta, e outras histórias fantásticas. |Aborda as diferenças dos seres e suas aceitações. Em um cenário contemplativo, evocamos sutilezas. O universo criado em “o Chinês e o Dragão” sensibiliza nossa percepção. Mostra um tempo desacelerado, um cotidiano que é ao mesmo tempo simples e extraordinário.

 

Dia 21 de julho, às 11h, no Teatro José Maria Santos

Entrada Gratuita

 

As Aventuras de Fuxico – Cia Hugo Moraes

O espetáculo mostra a vida de um boneco de ventríloquo que trabalha com um mágico e resolve sair pelo mundo, para descobrir novos horizontes. Usando técnicas de ilusionismo, teatro de bonecos, músicas, ventriloquia e sombras chinesas, envolve a plateia em um espetáculo lúdico, divertido e diferente.

 

Dia 21 de julho, às 13h, 15h e 17h, no Teatro Dr. Botica

Entrada R$ 10 e R$5

 

Alberto, o menino que queria voar - Cia Karagozwk

Teatro de sombras com imagens projetadas por trás e pela frente da tela em que o ator Marcello Andrade dos Santos vive o personagem de um mecânico, no ano de 1.900, amigo de Alberto Santos Dumont, para contar a história deste grande brasileiro, que desde criança afirmava que “o homem pode voar”.

 

Dia 21 de julho, às 17h, no Teatro José Maria Santos

Entrada Gratuita

 


 

Teatro lambe -lambe

 

Dia 19 de julho, das 11h30 às 13h30 - Praça Santos Andrade

 

Fragmentos de hécuba - Substrato Cênico

Emiliano - Cia Tato

Quintal que tal - Cia Tato

Rato de biblioteca - Cia Trágica

Mulher megafone - Cia Trágica

 

 

Dia 20 de julho, das 10h às 12h – Boca Maldita

 

A menina do mundo da lua - Substrato Cênico

Emiliano - Cia Tato

Quintal que tal - Cia Tato

Rato de biblioteca - Cia Trágica

Mulher megafone - Cia Trágica

 


 

 

Demais atividades

 

Oficina de Dramaturgia para Teatro de Bonecos

De 15 a 17 de julho, das 9h às 12h, no Auditório Glauco Flores de Sá Brito - Miniauditório

 

Workshop Teatro de Animação Corporal – da dramaturgia à manipulação finalidades

Dia 15 de julho, das 14h às 18h, no Teatro Dr. Botica

 

A encenação para e com o teatro de animação

Dia 17 de julho, às 19h, no Teatro Dr. Botica

 

Mesa Redonda Políticas Públicas de Cultura para Teatro de Bonecos

Dia 18 de julho, das 10h às 12h, no Auditório Glauco Flores de Sá Brito – Miniauditório

 

Palestra Teatro Lambe Lambe – o coletivo particular

Dia 19 de julho, às 10h, no Auditório Glauco Flores de Sá Brito – Miniauditório

 

Todas as ações serão GRATUITAS

As inscrições para a oficina e para o workshop devem ser enviadas para o e-mail: mostraparana@gmail.com , até o dia 14/07/19

 

Fonte: Centro Cultural Teatro Guaíra (CCTG)

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.